Fígado: segredos a 8 chaves…

Essa matéria é muito interessante e super útil para a manutenção da saúde.

Escondido atrás das costelas, muitos acham que ele só está envolvido em uma relação monogâmica com o álcool. Mas exerce papéis vitais que, para a maioria das pessoas, parecem mistérios muito bem guardados.
Funções vitais e, às vezes, desconhecidas
Ele lembra uma esponja vermelho- acastanhada no lado direito do abdômen, capaz de sugar até 1,2 litro de sangue por minuto, se for necessário. Quando a circulação faz escala nessa glândula — sim, é a maior glândula do corpo humano, medindo de 8 a 10 centímetros e pesando cerca de 1,5 quilo —, muita coisa costuma acontecer.

As células hepáticas são versáteis e fazem de tudo um pouco: armazenam algumas substâncias e fabricam outras tantas. A produção diária de proteínas, só para citar uma prova de sua incrível capacidade de trabalho, alcança uns 100 gramas. Outras vezes, o fígado simplesmente transforma um composto em algo diferente. Ele pode criar gordura a partir de moléculas de álcool para conseguir uma reserva de energia. E todo apreciador de bebida reconhece essa metamorfose no espelho, ao ver refletida a famosa barriga de chope. Finalmente, o fígado ainda elimina tudo aquilo de que o corpo precisa se livrar — de micróbios a toxinas, passando por células sanguíneas desgastadas que já não funcionam direito.

Com tantas funções, torna-se mesmo imprescindível. Ninguém sobreviveria sem ele por mais de cinco horas, e olhe lá. E, talvez por isso, é o único órgão do corpo que se regenera. “Em transplantes podemos tirar até 65% do fígado de um doador que, com o tempo, ele crescerá e voltará ao seu tamanho normal”, conta a gastroenterologista Suzane Ono, da Universidade de São Paulo. Em casos assim, certos hormônios, incluindo a insulina do pâncreas, regulam a divisão das células hepáticas até que elas alcancem, novamente, a quantidade necessária para dar conta do serviço naquele organismo.

Apesar dessa incrível capacidade, o fígado recebe maus-tratos, graças a mudanças de comportamento associadas à vida moderna. Elas fazem com que alguns problemas dessa glândula, que antes só davam as caras depois dos 60 anos, passem a incomodar cada vez mais pessoas jovens. É que a tendência é existir um acúmulo de estragos provocados por inimigos fi- gadais cultivados desde cedo. Entre eles estão o consumo precoce e exagerado de álcool, a alimentação desbalanceada desde a infância, o abuso de remédios sem orientação — isto é, sem levar em conta interações indesejáveis — e, claro, a dependência de drogas.

Problemas hepáticos
Ele geralmente não dói — e, se alguém se queixa de dor no fígado, em geral tem problemas em outro órgão do aparelho digestivo. Para reclamar, o fígado precisa estar bem doente, já que a maioria dos males que o acomete se inicia de maneira silenciosa. Um deles é a esteatose, um depósito de gordura que atrapalha o seu trabalho. E ela se torna mais frequente com a escalada da obesidade. “Os hábitos mudaram: muita gordura, muita massa e pouco exercício físico”, observa o hepatologista Flair José Carrilho, do Hospital das Clínicas de São Paulo. O álcool também contribui para a esteatose e para outro problema grave — a cirrose, uma espécie de cicatriz. O hepatologista Marcio Dias de Almeira, do Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista, decreta: “Não existe mágica para você beber sem afetar o fígado”. Existem, para completar, as infecções causadas por vírus capazes de inflamar essa glândula. São as hepatites. Os tipos mais comuns são A, B e C. O primeiro é transmitido pelo contato com outros doentes e por alimentos contaminados — daí a importância de hábitos de higiene. Já os vírus B e C são transmitidos pelo sangue e pelo sexo. Por enquanto, só existe vacina para as hepatites A e B. “Jovens de até 24 anos devem procurar a imunização”, afirma a gastroenterologista Suzane Ono, da USP.

Dicas
• Duas xícaras de café por dia e mantenha uma dieta equilibrada.
• Informe-se sobre possível interação entre remédios. Lembre-se: toda confusão medicamentosa acontece no fígado.
• Não utilize suplementos nutricionais sem acompanhamento. Eles também são processados pelas células hepáticas.
• Em casa, siga as recomendações de armazenamento correto de alimentos. E lave-os bem antes de consumir. Poupe seu fígado de lidar com micróbios e toxinas.
• Vacine-se contra as hepatites A e B.
• Se beber álcool, alterne a bebida com bons goles de água.

por CAROLINE RANDMER
Fonte de Pesquisa-http://saude.abril.com.br

O maravilhoso mundo dos sabores dos chás!!!


É uma das bebidas mais consumidas no mundo todo.
Chá mate,preto,verde,vermelho,amarelo ,branco ou sei lá que cor!
Chá doce,azedo,amargo ou mesmo sem sabor!
Chá digestivo,diurético,emagrecedor,estimulante ou simplesmente gostoso!

Chá -Preto-É um chá adstringente e também saboroso.

Chá-Verde-Tônico da digestão(acelera a digestão),favorece o fígado,combate diarreia,acelera a circulação.Previne doenças renais.

Chá -Mate- É diurético e ajuda vencer o cansaço,combate a obesidade,é digestivo.

Chá de Hortelã-Elimina gases,acaba coma as náuseas e indigestões, bom para dores de cabeça,fadiga e insônia nervosa.

Chá de Manjericão-Combate catarros e febres,é digestivo por isso é bom tomar após as refeições

Chá de Alecrim-Bom para limpar muco do estômago,digestivo,mas evite tomar de noite.

Chá de Camomila-Esse é calmante,antiflamatório,gostoso adoçado com mel,hum!

Chá de carqueja-È amargo é bom para a digestão e bom para emagrecer,desintoxica.

Chá de cavalinha-Desintoxicante,anti-hemorrágica,diurético também.

Chá de Erva doce-Calmante,combate gases e digestivo ,é uma delicia…

Chá de Erva cidreira-Calmante,combate febres e o sabor é maravilhoso!!

E por ai vai, tem o de Quebra Pedra,tem o de Jambolão,Sabugueiro e uma infinidade,com muitas propriedades mas ai entramos no valor medicinal,e é preciso ficar atento para fazer com a quantidade certa e as indicações.
Mas em relação aos sabores podemos fazer de folhas de laranja(maravilhoso,equilibra as energias),folhas de lima,cascas de laranja seca, maçã, morango,abacaxi e etc… temos a canela que pode ser usada como aromatizante.

Há! pessoal ainda temos os chás de flores,rosas,jasmins,maracujá,alfazema etc…
Bom agora é só escolher e se deliciar!!!

Entendendo a digestão com humor!!! Rir é bom para a saúde…

Adorei esse email que recebi de uma amiga,leiam é muito legal!!!Engraçado e bom para uma reflexão…

Enquanto isso, no rodízio…

– Estômago: – Cara, manera aê com o que vai comer. Essa semana foi
demais. Manda uns vegetais pra dentro, porque as coisas no intestino
estão feias.
Primeiro prato (800g): Arroz, feijoada, cupim, picanha, coração de
galinha, polenta frita, ovo cozido e tomate.
– Estômago: – Tá de sacanagem, né? Duas rodelas de tomate? E essas
carne mal-passada? Pelo menos mastiga direito isso seu suíno.
Segundo prato (550g): Arroz, costela, picanha, alcatra, pimenta,
batata frita e salada de maionese.
– Estômago: – Chega de carne, cara, não cabe mais nada aqui. Lembra
aquela úlcera? Tá faltando pouco pra cicatriz abrir de novo. Tu quer
se destruir, né ? Manda um pouco de água.
Bebida: Coca-Cola 600ml
– Estômago: – Seu imbecil, eu falei água.
– Eu: – Ué, Coca-Cola tem água. E ainda ajuda a dissolver a carne.
– Estômago: – Coca-cola tem demônios dentro! Tá acabando com teu
suco-gástrico.
– Esposa: – Amor, com quem você tá falando?
– Eu: – Nada não. Tô pensando alto.
Sobremesa: 300g de pudim.
– Estômago: – Eita cabra da peste! Cabe mais não. Tá ouvindoooo???
– Intestino: – O que tá acontecendo aí em cima? Que bagunça é essa?
– Estômago: – O cara tá empurrando comida feito um porco. Agora veio
pudim pra dentro. Não sei mais o que fazer.
– Intestino: – Vamos mandar direto.
– Estômago: – O quê?
– Intestino: – É isso aí, operação descarga.
– Estômago: – Cara, o cérebro não vai gostar.
– Intestino: – Paciência, ele nunca veio aqui em baixo pra saber como
são as coisas.
– Estômago: – Vamos dar mais uma chance pra ele. Eu acho que ele não
vai engolir mais nada…
Outra sobremesa: 350g de manjar e uma taça de sorvete.
Bebida 2: Cafezinho com muito açúcar.
Estômago – Imbeciiiiiiiiiiil! Vou explodir.
Intestino – Operação descarga iniciando. Anda, libera o canal do
duodeno que eu já tô conversando com o esfíncter.
Coração – Que que tá havendo aí embaixo? A adrenalina tá aumentando muito.
Intestino – Operação descarga.
Coração – Quem autorizou isso? O cérebro não me mandou nada.
Estômago – Aquela geléia? Nem músculo tem.
Intestino – É isso aê, geléia inútil. Vinte segundos pra abrir o
esfíncter anal. Quero ver tudo sair igual pimenta pegando fogo com
esse suco gástrico.
Esposa – Amor, você tá passando mal? Tá suando todo, aonde você vai?
Eu – Preciso ir ao banheiro, urgente. Paga a conta e me espera no carro.
Esposa – O que fez mal à você?
Eu – Não sei. O tomate tava estranho…

MAIS UMA SOPA MÁGICA…SIMPLESMENTE CURA!!!

PARA DIGESTÃO

INGREDIENTES-
1 XÍCARA DE CHICÓRIA
1/2 CEBOLA PICADINHA
3 DENTES DE ALHO AMASSADOS
2 A 3 TOMATES PICADOS
1 COLHER DE CHÁ DE ÓREGANO
1/2 XÍCARA DE ÁGUA
3 COLHERES DE FARINHA DE MILHO
2 COLHERES DE AZEITE DE OLIVA
SAL A GOSTO

COMO FAZER-
COLOQUE EM UMA PANELA O TOMATE E A CEBOLA,QUANDO ESTIVEREM MACIOS ACRESCENTE A FARINHA DE MILHO E MEXA POR UNS CINCO MINUTOS, AI ENTÃO JUNTE O ALHO E O AZEITE DEIXE POR DOIS MINUTOS, COLOQUE A ÁGUA E DEIXE FERVER ALGUNS MINUTOS,EM SEGUIDA COLOQUE A CHICÓRIA CORTADA E A SALSINHA, DESLIGUE O FOGO E TAMPE A PANELA POR UM MINUTO , SIRVA COADO QUANDO A PESSOA ESTIVER DEBILITADA OU COM OS PEDAÇOS QUANDO FOR APENAS PARA EQUILIBRAR A FUNÇÃO DA DIGESTÃO.